menu
Topo
Blog do João Renato

Blog do João Renato

Categorias

Histórico

Festival reúne o melhor da baixa gastronomia de BH

João Renato

27/11/2018 11h43

Alaíde Botequim: bolinho de aipim recheado com camarão e catupiry (foto: Fábio Gruppi/Divulgação)


Não é difícil encontrar o jornalista e baterista Nenel Neto pelos bares da cidade. Criador do canal Baixa Gastronomia, que conta com mais de 80 mil seguidores no Instagram, ele percorre a capital mineira incessantemente atrás do que costuma chamar de comida "boa, farta e, principalmente, barata". Para reunir o melhor que encontrou por essas andanças, ele criou o festival Baixa Gastronomia, que começou na última sexta-feira e vai até o dia 23 de dezembro.

A proposta foge um pouco de outros eventos do tipo, como o Comida di Buteco ou a Restaurant Week. O evento não conta com uma disputa nem tem pratos exclusivos. São 20 estabelecimentos, que vão desde lanchonetes e carrinhos de cachorro-quente a mercearias e restaurantes. "A ideia é essa, valorizar o que já existe", explica Nenel. "É legal um concurso em que as pessoas criam pratos novos, acho válido. Mas nós fomos na direção contrária, para tentar mostrar o que já temos. Às vezes, as pessoas só querem as novidades e não conhecem as comidas e receitas que fizeram esses estabelecimentos serem o que eles são ", defende Nenel.

A lista inclui novidades do cenário gastronômico da cidade, como o Alaíde Botequim – comandado pela cozinheira que fez fama no bar Bracarense, no Rio de Janeiro – e o Dona Tomoko Izakaya, bar de inspiração japonesa. Mas os veteranos, como o Bar do Nonô e o Rei do Torresmo, no Mercado Central, também têm espaço. Curador do circuito gastronômico defende a simplicidade das receitas. "Na comida popular, menos é mais. Não escolhemos nada rebuscado, mas é tudo muito bem feito. Não sou contra a técnica ou contra a alta cozinha, mas também não é fácil fazer o simples", avalia.

Além disso, os preços não ofendem o bolso. Os pratos indicados vão de R$ 4 a R$ 22, e metade das 20 sugestões custa, no máximo, R$ 10. "Isso mostra que, apesar dos pesares, ainda tem muita coisa legal com preço bom. Quem procurar consegue comer uma coisa gostosa a dez reais. O cachorrão do Balu, por exemplo, é uma coisa monstruosa e custa R$ 7", detalha.

Uma festa para reunir todos os participantes do festival será realizada nos dias 15 e 16, no Villa Albertini (R. Cristal, 137, Santa Tereza). A programação conta com shows com bandas autorais da cidade e DJs, além de dez barraquinhas com os estabelecimentos por dia. "A ideia de dividir é para incentivar o público a conferir os dois dias do evento", conclui Nenel.

Confira a lista dos participantes

Abdala Empório Árabe
Prato: Quibe frito (R$ 5, unidade)
Avenida Cristiano Machado, 1950, loja 04 (Feira dos Produtores) , Cidade Nova. Segunda a sexta, de 8h às 19h; sábado, de 8h às 18h; domingos e feriados, de 8h às 13h. Pagamento: dinheiro e cartão de débito

Abdala Empório Árabe: quibe frito (Foto: Fábio Gruppi/Divulgação)

Alaíde Botequim
Prato:
Bolinho da Alaíde (bolinho de aipim recheado com camarão e catupiry; R$ 5, unidade)
Avenida Doutor Cristiano Guimarães, 1863, Planalto. Terça a sexta, de 15h30 à 0h; sábado, de 13h à 0h; domingos e feriados, de 13h às 18h30; fecha segunda.
Pagamento: dinheiro e cartões de débito e de crédito.

Bar do Caixote
Prato:
Espaguete à bolonhesa (R$ 11, prato pequeno, R$ 15 prato grande)
Avenida Itaité, 249, São Geraldo. Terça a domingo, de 19h30 ao último cliente. Pagamento: somente dinheiro.

Bar do Tatu
Prato:
angu a baiana com costela bovina (R$ 13)
Rua Desembargador Ribeiro Luz, 135, Barreiro. Segunda a sábado, de 7h as 23h. Pagamento: somente dinheiro.

Bar do Tatu: angu à baiana (foto: Fábio Gruppi/Divulgação)

Bola Bar
Prato:
pé de porco ao molho (R$ 12, unidade)
Rua Padre Eustáquio, 2512, Padre Eustáquio. Segunda a sexta, de 7h à 0h. Sábado e domingo, de 8h à 0h. Pagamento: dinheiro e cartões de débito e de crédito.

Bolão Santa Tereza
Prato:
pão com molho à bolonhesa, queijo ralado e cebolinha (R$ 8, unidade)
Rua Adamina, 104, Praça Duque de Caxias, Santa Tereza. Terça a sábado, de 11h ao último cliente. Domingo, de 11h às 16h30. Pagamento: dinheiro e cartões de crédito e de débito.

Cachorrão do Balu
Prato:
Cachorro-quente completo (salsicha, requeijão ou cheddar, muçarela derretida, milho, vinagrete, passas, batata palha e molho barbecue; R$ 7, unidade).
Avenida Antônio Abrahão Caram, em frente ao número 446, Pampulha. Funcionamento: segunda a sexta, de 19h às 23h30. Pagamento: dinheiro e cartões de crédito e de débito.
Em dias de jogos ou eventos no Mineirão, o carrinho atende na Rua Izabel Bueno, em frente ao número 746, Jaraguá.

Caná Cantinho do Céu
Prato:
Pãozinho de batata recheado com queijo canastra (R$ 4, unidade)
Rua Ponte Nova, 877, Colégio Batista. Segunda a sexta, de 9h às 20h. Pagamento: dinheiro e cartões de débito e de crédito.

Caná Cantinho do Céu: Pãozinho de batata recheado com queijo canastra (Foto: Fábio Gruppi/Divulgação)

Cervejaria Bistecão
Prato:
Provolone com abacaxi na chapa (R$ 16,90, meia-porção).
Endereço: Rua Jacarina, 61, Padre Eustáquio. Terça a sexta, de 17h à 1h; sábado, de 11h à 1h; domingo, de 11h às 18h. Pagamento: dinheiro e cartões de débito e de crédito.

Churrasquinhos do Luizinho
Prato:
Espetinho de miolo de alcatra com bacon (R$ 7,50, unidade).
Avenida Francisco Sá, 197, Prado. Segunda a sábado, de 17h às 23h30. Pagamento: dinheiro e cartões de débito e de crédito.

Churrasquinhos do Luizinho: Espetinho de alcatra e bacon (Foto: Fábio Gruppi/Divulgação)

Crise Bar Pastelaria
Prato:
pastel vegetariano (muçarela, tomate, cebola, azeitona, milho, palmito e orégano; R$, unidade).
Avenida Francisco Sá, 156, Loja 2, Prado. Segunda a sábado, 9h30 às 2h. Pagamento: dinheiro e cartões de débito e de crédito.

Dona Tomoko Izakaya
Prato:
tonkatsu (lombo de porco empanado à moda japonesa; R$ 15, porção).
Rua Grão Mogol, 712, Carmo. Quarta a sábado, de 17h às 23h. Pagamento: dinheiro e cartões de crédito e de débito.

Lanchonete Serjão
Prato:
enrolado de presunto e queijo (R$ 4,30, unidade).
Rua Paraíba, 1.069, Savassi. Segunda a sexta, de 8h às 19h. Pagamento: dinheiro e cartões de crédito e de débito. A lanchonete funcionará até o dia 14 de dezembro, quando entra em férias coletivas, e só volta a atender em janeiro de 2019.

Léo Coxinha
Prato:
coxinha de frango com requeijão (R$ 5, unidade)
Rua Jussara, 150, Graça. Segunda a sábado, de 16h às 23h20. Pagamento: dinheiro e cartões de débito e de crédito.

Léo Coxinha: Coxinha de frango com requeijão (Foto: Fábio Gruppi/Divulgação)

Mercadinho Bicalho (Mercearia do Nivaldo)
Prato:
duas almôndegas ao molho cobertas com queijo (R$ 18, porção).
Praça Duque de Caxias, 120, Santa Tereza. Segunda, de 18h às 23h. Terça a domingo, de 11h às 23h. Pagamento: dinheiro e cartões de débito e de crédito.

Mercearia do Nivaldo: almôndegas ao molho cobertas com queijo (Foto? Fábio Gruppi/Divulgação)

Nissão Burgers
Prato:
nissão egg bacon (pão, hambúrguer bovino, bacon, queijo prato, ovo, batata palha, alface, tomate e molho especial; R$ 13,95).
Avenida Vilarinho, 1000, Venda Nova. Terça a domingo, de 18h30 à 0h. Pagamento: dinheiro e cartões de débito e de crédito.

Nonô – O Rei do Caldo de Mocotó
Prato:
caldo de mocotó completo (R$ 10).
Avenida Amazonas, 840, Centro, Das 6h da manhã de segunda-feira à 0h de domingo. Pagamento: dinheiro e cartões de crédito e de débito.

Rei do Torresmo
Prato:
lagosta mineira chapada com jiló e cebola (torresmo de barriga finalizada na chapa com jiló e cebola, R$ 20, porção).
Mercado Central – Avenida Augusto de Lima, 744, loja 166, Centro. Segunda a sábado, de 8h às 18h; domingos e feriados, de 8h às 13h. Pagamento: somente dinheiro.

Sítio Sírio
Prato:
sanduíche de falafel (R$ 10,90, pequeno); R$ 18,90, grande).
Rua Paraíba, 1378, Savassi. Segunda a sábado, de 9h à meia-noite. pagamento: dinheiro e cartões de crédito e de débito.

Sítio Sírio: sanduíche de falafel (Foto: Fábio Gruppi/Divulgação)

Tropeiro do 13
Prato:
O mais famoso tropeirão do Mineirão (arroz, feijão tropeiro, torresmo, ovo frito, bife de porco, couve e molho de tomate; R$ 17, de segunda a sexta; R$ 22, sábados e feriados).
Avenida General Olímpio Mourão Filho, 190, Planalto. Segunda a sexta, de 11h30 às 14h30; Sábados e feriados, de 11h às 15h. Pagamento: dinheiro e cartões de crédito e de débito.

Sobre o autor

João Renato Faria é jornalista de Belo Horizonte, atualmente no jornal O Tempo, e com passagens por Portal Uai, Estado de Minas e revista Veja BH. Gosta de descobrir novidades gastronômicas pela cidade, de música pesada, de rock instrumental e novidades da cena independente. Tem a compulsão de comprar livros mais rápido do que consegue lê-los. Já pensou em se mudar de BH, mas por enquanto a cidade é o único lugar com um feijão-tropeiro decente.

Sobre o blog

A música e a gastronomia de Belo Horizonte são o foco do blog. Os posts abordam tendências sonoras, eventos, atividades de casas de shows e a movimentação da cena independente. Os textos também falam sobre as boas opções de comidas de rua, bares e lanchonetes, veteranas ou recém-inauguradas na cidade.